Segue a apresentação do instrutor:

“Sempre tentei fazer algum esporte na época de escola, porém não consegui me adaptar em nada que tentei. Era muito indisciplinado e não aceitava levar desaforo para os “Valentões” da época. Um dia aluguei um VHS que por engano tinha dentro da caixa uma gravação do Guerra dos Mundos. Ver que um homem pequeno (Royce Gracie), aparentemente fraco em relação aos outros lutadores, conseguia se manter calmo e focado, além de possuir uma técnica que superava a força e a raiva do adversário. Tudo isso me fez procurar esta arte marcial que eu amo chamada Jiu-Jitsu. Hoje, mais experiente, posso afirmar que o Jiu-Jitsu mudou a minha saúde, disciplina e confiança. Aprender a defesa pessoal que esta arte nos ensina nos faz sentirmos como samurais violentamente calmos”.

Willian é faixa preta de jiu-jitsu e instrutor da Academia Jiu-Jitsu.