Kids Antibullying

Defesa pessoal anti bullying para crianças

No Brasil, uma pesquisa realizada em 2010 com alunos de escolas públicas e particulares revelou que as humilhações típicas do bullying são comuns em alunos da 5ª e 6ª séries. Segundo dados, o bullying atinge cerca de 45% dos estudantes do ensino fundamental no país. 3 em cada 10 crianças já foram vítimas de agressões físicas ou morais.

No nosso programa Kids Antibullying ensinamos a criança a usar a assertividade verbal para dissuadir agressores e diversas técnicas não-violentas de autodefesa para se manter seguro caso agredido fisicamente. É importante ressaltar que não ensinamos como dar um soco ou chute, pois isso muitas vezes faz mais mal do que bem. Usamos o controle e alavancas básicas que detém e neutralizam as ameaças, sem violência. A questão básica é: vamos preparar o seu filho para se defender contra valentões, sem transformá-los em um.

Se você estiver interessado em promover no seu filho uma confiança inabalável, reforçando valores positivos e bom caráter, o programa Kids Antibullying é para você!

Continue lendo para saber mais sobre este programa revolucionário para os jovens.

CONFIANÇA CRÍTICA

Estudos sugerem que o bullying pode ser a principal causa de baixa auto-estima nas crianças, e de acordo com algumas pesquisas, menos de 15% das crianças denunciam atos de bullying. A incapacidade das crianças de enfrentarem um valentão está enraizada no profundo medo por sua segurança pessoal. Ironicamente, as vítimas sabem que devem enfrentar o valentão e gostariam de enfrentá-lo. Mas, eles simplesmente não conseguem seguir adiante por medo do dano físico que faz o agressor a cada ação. Aí reside o desafio – como promover em uma vítima de bullying a confiança necessária para enfrentar o algoz, olhá-los nos olhos, e confrontá-lo? A resposta é simples: ensinar às vítimas a se defenderem contra o ataque físico e o resto se seguirá.

COMBATER FOGO COM ÁGUA

Programas de artes marciais contam com o atacante agredindo com socos violentos, chutes, joelhos e cotovelos, mas no programa  nós temos uma abordagem diferente. Todas as técnicas são puramente defensivas e não utilizam ataques. Além disso, ensinamos as crianças a neutralizarem confrontos com as palavras e nunca iniciarem a agressão física. Se atacado, oferecemos técnicas não violentas para neutralizarem a ameaça e controlarem, ganhando tempo até que a ajuda chegue. No programa, ensinamos as crianças a combaterem fogo com água, dessa forma a criança também estará segura de não se tornar um bully.

O programa prepara seu filho usando uma abordagem em três vertentes:

  • Aumento da consciência: O assédio vem em muitas formas. Às vezes, a vítima não toma uma posição porque não consegue diferenciar entre “brincadeira” e “bullying.” Ensinamos seu filho a distinguir entre o jogo inofensivo e o assédio prejudicial para que eles saibam exatamente quando e como agir em cada circunstância.

 

  • Confiança inabalável: Uma criança confiante é uma criança à prova de bullying. Bullies buscam “alvos fáceis” – aqueles que vão tolerar seu abuso. Armamos seu filho com as ferramentas necessárias para superar o assédio físico, verbal e psicológico, por isso são tão confiantes em si mesmos que nenhum agressor vai tentar atormentá-los.

 

  • Responsabilidade Total: Prepararamos a criança para lidar com valentões, sem transformá-los em um só. Ressaltamos disciplina, responsabilidade e respeito durante todo o curso, e ensinamos as cinco “Regras de Confronto” para garantir que eles nunca abusem de seu poder.

 

REGRAS DE CONFRONTO

Ensinar jiu-jitsu a uma criança sem ensinar o quando usar torna a técnica sem contexto. O programa Kids Antibullying de jiu-jitsu realmente ensina as crianças precisamente quando eles podem e não podem, utilizar as técnicas que estão aprendendo. As cinco “Regras de Confronto” são regularmente repetidas em sala de aula para que as crianças nunca abusam do seu poder e, igualmente importante, não hesitarão em tomar uma posição quando abusadas por agressores.

Regra 1: Evite a luta a todo custo.

Regra 2: Se for atacado fisicamente, defenda-se.

Regra 3: Se atacado verbalmente, siga as três C – passos (conversar, contar, confrontar).

Regra 4: Nunca socar ou chutar o valentão, estabelecer o controle e negociar.

Regra 5: Ao aplicar submissões utilizar o mínimo de força e negociar.

Apesar de discutir as regras nas aulas, nós encorajamos vocês, PAIS, a discutirem as regras em casa para garantir ao seu filho seu apoio no evento em que precisem posicionarem contra o assédio moral.

JIU JITSU VERBAL

Uma das formas mais difundidas e prejudicial de bullying é o assédio verbal. O programa infantil de jiu-jitsu faz treinamento de assertividade verbal, ou como gostamos de chamá-lo de “Jiu-Jitsu Verbal”. Temos planejado uma série de exercícios para ensinar as crianças a identificar e gerir as ameaças mais comuns associados com o assédio verbal relacionado ao bullying. Estudantes Gracie Bullyproof aprendem a diferenciar “intimidação” e “brincadeira”, e não só as crianças são ensinadas a falar assertivamente quando necessário, mas também aprendem a usar o contato visual direto e postura confiante para deter os valentões.

Horário de Aulas

Dias e horários disponíveis

  • Sábado 10:00 — 11:00